QUEM SOMOS

Estamos abertos ao diálogo e a sua participação é muito importante.

MISSÃO

Promover o acesso às informações que garantam a conscientização sobre os direitos humanos e a prática da cidadania

VISÃO

– Informar à população sobre os direitos humanos

– Disseminar informações sobre a violência de gênero

– Informar sobre o direito à Abordagem Policial não-Violenta

– Disseminar serviços e ações que garantam direitos sociais

– Propiciar espaços para o protagonismo comunitário e individual

– Gerar espaços para discussões sobre as políticas públicas

VALORES

– Defesa dos Direitos Humanos

– Fortalecimento do exercício da cidadania e luta por direitos sociais

– Defesa da cultura de paz e da mobilização comunitária

– Uso da comunicação como instrumento de mobilização social

– Valorização da participação no acompanhamento e discussão das políticas públicas

Comunidade Mais Segura é a soma de muitas vozes e mãos envolvidas em ações, serviços e transformações conquistadas por conta da ação cotidiana do exercício da cidadania no Conjunto Mário Andreazza, em Bayeux, na Grande João Pessoa (PB) e no bairro de Santo Amaro, no Recife (PE).

Em comum, os dois bairros têm a proximidade com reservas naturais, a predominância da população preta e parda, as desigualdades sociais e seus desdobramentos na oferta das políticas e serviços públicos.

Esse espaço ‘Comunidade Mais Segura’ aglutina as várias ações do projeto desenvolvido pelo Serviço Pastoral dos Migrantes do Nordeste (SPM-NE) juntamente com o Grupo Ruas e Praças e o Grupo Adolescer.

Entre as várias conquistas podemos citar a implantação em Santo Amaro (Recife) e no Conjunto Mário Andreazza (Bayeux) dos Núcleos de Mediação de Conflitos Comunitários. No Mário Andreazza foi firmada a parceria com a Unidade de Polícia Solidária da Polícia Militar da Paraíba (PM-PB).

Nas ações cotidianas do projeto com os moradores e moradoras dos dois bairros têm sido frequentes as referências às formas de violências e violação de direitos como fatores que ameaçam à cidadania plena. Por conta dessa realidade, em 2000 surgiu a proposta de realização da pesquisa ‘Índice de Percepção de Violência’ (IPVio) que contou com a coleta de dados em 2020 e em 2021. O resultado da pesquisa permite diagnósticos não só sobre a violência urbana como também a respeito da violência estrutural nos dois bairros.

As campanhas contra a Violência de Gênero e a Abordagem Policial Não-Violentas fazem parte desses esforços das três instituições em contribuir para a informação, sensibilização e transformação cotidiana de cada um dos moradores e moradoras em fazer valer seus direitos e se tornarem aliados contra a violência de gênero e a violência policial.

Entidades realizadoras

Adolescer

Ruas e Praças

Venha fazer parte

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed sit pulvinar cras gravida. Ut venenatis ultricies tellus tristique venenatis. Quis adipiscing ridiculus risus pulvinar ultricies nunc. Vulputate morbi vivamus ut odio.

Comunidade Mais Segura é a soma de muitas vozes e mãos envolvidas em ações, serviços e transformações conquistadas por conta da ação cotidiana do exercício da cidadania. Venha fazer parte!

Realização: